Forro modular é considerado opção ideal para ambientes corporativos

Os escritórios e ambientes corporativos em geral abraçaram o forro modular. Sua utilização também se dá nos hospitais. Da mesma forma que o forro de PVC é o predileto dos postos de gasolina, como falamos no último post, o modular foi adotado pelas instituições médicas.

A tecnologia que envolve esse tipo de forro está em franco desenvolvimento. A cada ano, o forro modular ganha novidades. Essa evolução constante torna o material eficiente e prático para uso por parte do consumidor e para instalação por parte da indústria da construção.

Também chamado de removível, esse forro é feito de conjunto formado por uma estrutura metálica, que fica em geral semiaparente, e de fechamentos, ou seja, placas de tamanhos variáveis apoiadas sobre essa base metálica citada.

Vantagens

Praticidade

Por causa da estrutura comentada acima, o forro modular pode ser acessado facilmente. Caso seja necessário – e sempre é necessário – ter acesso à rede elétrica, sprinklers, detectores de fumaça, alarmes e outras instalações armazenadas por ele, não haverá nenhuma dificuldade.

Isolamentos acústico e térmico

Os elementos de fechamento dos módulos são feitos geralmente de fibras minerais, que possuem excelente desempenho acústico. O conforto oferecido em termos de som é superior aos seus concorrentes como gesso e PVC. Já o isolamento térmico garante temperatura agradável desde que o ar-condicionado esteja, é claro, bem programado.

Desvantagens

Aparência

Em comparação com a beleza oferecida pelo forro de gesso, o modular sai em desvantagem. Isso acontece porque, em termos decorativos, não há a mesma variedade. A situação do forro modular nesse critério de avaliação é parecida com a do PVC, já que ambos perdem para o gesso.

Preço

De forma geral, ainda é uma opção cara ou pelo menos mais cara do que seus concorrentes, com exceção de alguns trabalhos envolvendo o forro de gesso.

 

Matou sua curiosidade sobre o forro modular? Tem alguma dúvida? Nosso especialista Eduardo pode ajudá-lo!

Leia também o post “Por que o uso do drywall é cada vez maior nas reformas?”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *